Vinland Saga e Blade - A Lâmina do Imortal são dois animes que se escondem na Amazon Prime Video

Os dois animes são produções originais da Amazon e revelam o quanto a gigante do streaming investe pesado no setor .

16/11/2020 Última edição em 16/11/2020 às 19:26:40

Escondidos dentro da programação da Amazon Prime Video, é possível encontrar grandes animes. Entre eles, Inuyasha, Street Fighter, Captain Tsubasa, figuram entre os mais famosos. No entanto, um olhar mais atento pode revelar ótimas descobertas.

Vinland Saga, que possui um mangá em andamento e recentemente teve uma versão especial lançada pela Panini, aqui no Brasil, conta a história de Thorfinn, filho do lendário guerreiro Thors, em busca de vingança pela morte do seu pai. O anime, lançado em 2019, remonta à época dos Vikings, onde os guerreiros ficaram famosos por conta das explorações marítimas e os saques ocorridos em diversas nações europeias. Apesar de possuir fatos históricos reais, a trama tem seu desenrolar bem claro e coeso a medida que avança pelos 24 episódios disponíveis na plataforma.

Thorfinn embarca com um grupo de guerreiros, onde o líder deles é Askeladd, o cruel e destemido estrategista em batalhas que não mede esforços para conseguir alcançar os seus objetivos. O protagonista segue Askeladd de perto, pois seu objetivo é matá-lo, porém, a honra entre os guerreiros e o seu código de conduta obrigam a vencê-lo de forma única, ou seja, através de um duelo.

O anime possui uma excelente produção, e as cenas de batalha são realmente impressionantes e vale ressaltar o tema de abertura, a canção Mukanjyo, da banda Survive Said The Prophet como destaque. O mangá de mesmo nome é produzido desde 2005, por Makoto Yukimura e, atualmente, encontra-se com mais de vinte edições.

 

O outro anime que vale a pena mencionar é o  Blade -  A Lâmina do Imortal (Blade of the Immortal), cuja história gira em torno de Manji, um samurai que vive no período do Xogunato Tokugawa. O samurai adquire um corpo especial, capaz de se regenerar de qualquer tipo de ferimento e parte em uma jornada ao lado da jovem Rin, que busca vingança contra a morte de seus pais, que foram assassinados por uma gangue de espadachins rebeldes chamados de Itto-Ryu.

O anime teve uma adaptação em 2008, com apenas 12 episódios, que derrapou no quesito de adaptar alguns arcos do mangá, e isso foi um fator determinante para a qualidade da obra. A Amazon, que vem apostando forte em produções originais de anime, trouxe para o catálogo o Blade, dessa vez com a ideia de contar a história até o desfecho, já que o mangá do autor Hiroaki Samura terminou em 2012.

As cenas de ação são o carro-chefe, bem orquestradas e com aquele banho de sangue costumeiro de sempre. Quando você menos espera, alguém perde o braço ou a perna num piscar de olhos.  A produção do anime não mediu esforços para criar cenas de luta bem animadas com diálogos precisos e cativantes.  Contudo, a pressa em adaptar os arcos do mangá deixam a história muito corrida e faltou um cuidado maior para desenvolver certos personagens.

No Brasil, o mangá foi publicado inicialmente pela Conrad, e depois a editora JBC, lançou uma edição especial de luxo com 15 volumes.




Comenta aí :)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta