A série Cobra Kai continua as histórias do filme e renova o seu público

A série chega com a sua terceira temporada e aborda temas relevantes como amizade e bullying.

07/01/2021 Última edição em 07/01/2021 às 22:18:12

Desde que estreou no serviço de streaming do YouTube Red, a série Cobra Kai vem ganhando novos fãs ao redor do mundo com muita facilidade. Derivada dos filmes do Karate Kid, a série acompanha os personagens Daniel Larusso e Johnny Lawrence 30 anos após os eventos originais do filme de 1984. A narrativa se divide entre Larusso e Lawrence, que eram rivais no primeiro filme e na série continuam em lados opostos. Depois do cancelamento, a Netflix assumiu a produção junto com a Sony Pictures, que vai conduzir o projeto. A terceira temporada estreou recentemente e está no top 10 das atrações mais vistas na plataforma.

Após perder a final do torneio Regional Sub-18 para Larusso, a vida de Johnny não é das mais fantásticas. Ele possui uma vida bem distinta dos tempos de escola, onde era o aluno maioral e lutava Karatê no dôjo do Cobra Kai instruído pelo terrível John Kreese. Por outro lado, Daniel Larusso seguiu os ensinamentos do seu sensei, o mestre Miyagi, fundamentos que transcendem o Karatê, como equilíbrio e perseverança, e montou uma rede de concessionárias de carros de luxo. A vida dos dois entra em rota de colisão quando Johnny vai buscar seu carro danificado em uma das lojas do Larusso, e encontra o próprio no lugar. A partir daí, ambos começam a reviver a rivalidade dos tempos da escola, e o clima esquenta quando Lawrence decide trazer de volta à vida o tão famigerado Cobra Kai sob uma nova perspectiva.

Os novos personagens funcionam muito bem na série e são responsáveis por conduzir a nova geração. Vale destacar a importância do Miguel Diaz para o Johnny, e o quanto o personagem ajudou o novo sensei a se erguer e ter um propósito. E olha que o encontro dos dois acontece logo após o adolescente apanhar de uns valentões da escola, em que o Johnny interviu salvando a pele dele. Os dois formam uma dupla e é interessante ver a construção e desenvolvimento de ambos. A relação entre pai e filho também é importante. Enquanto Johnny tem problemas com o seu filho Robby, o Daniel vive tentando fazer o seu melhor com a sua filha Samantha, que também sabe lutar Karatê.

Por ser uma série adolescente, vários temas são abordados conforme os episódios vão avançando. O principal deles é o bullying, algo que ainda assume contornos no cotidiano dos alunos das escolas e se não for combatido, pode trazer problemas. Quando o Cobra Kai retorna, a maioria dos alunos decide aprender a se defender por conta dos confrontos que passam na escola. O contraponto com o filme original é feito aqui, já que no primeiro filme, o Daniel vivia sendo perseguido pela turma do Lawrence. Eis que o Sr. Miyagi surge e ensina os conceitos do Karatê para o garoto, que passa a ter algum equilíbrio e auto-confiança na sua vida.

As três temporadas estão disponíveis no catálogo da Netflix, e há indícios que teremos mais uma temporada pelo menos prevista.  É uma série bem tranquila, se você estiver de bobeira, consegue maratonar em um final de semana.




Comenta aí :)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta