Natal no Japão: uma data para celebrar o romance entre casais apaixonados

Você já parou para se perguntar como é comemorada essa data tão festiva lá nas terras Nipônicas?

21/12/2017 Última edição em 21/12/2017 às 16:48:25

Hohohoho Blaster!

O natal já está bem pertinho e aqui no Brasil, nessa data, a maioria das pessoas se preparam para comer muita uva passa (erk!), panettones, peru de natal e de quebra, por estarmos no verão, também temos que estar preparados para o baita calor! Mas você já parou para se perguntar como é comemorada essa data tão festiva lá nas terras Nipônicas? Se a resposta é sim, apenas sente, relaxe e venha conferir com a gente um pouquinho das tradições japonesas sobre essa data tão importante para os cristãos.

Apesar da origem controversa e apelo comercial muito forte, em sua essência o Natal é um feriado religioso muito importante, onde tradicionalmente se comemora o nascimento de Jesus. Por esse motivo é uma data amplamente comemoradas nos países com tradições cristãs.

Por volta do mês de Novembro, no Japão, já é possível ver belas decorações de Natal, principalmente nas grandes cidades, com direito a iluminação noturna em vários pontos turísticos, parques e locais públicos. O comércio em geral também conta com decorações com o objetivo de impulsionar as vendas (nada muito diferente daqui, até agora).

Mas, como bem sabemos, no Japão existem pouquíssimos cristãos, já que a grande maioria da população japonesa é budista ou xintoísta. Então como esse feriado entrou para o calendário japonês?

Segundo relatos, a tradição começou durante o período Meiji, por volta de 1874, com a chegada de estrangeiros cristãos europeus ao país. A primeira aparição da figura do Papai Noel surgiu em 1904 e logo em seguida apareceram as primeiras árvores com enfeites natalinos. Portanto, o Natal para os japoneses é um feriado importado, assim como o Halloween e Valentine’s Day (Dia dos Namorados). Mas mesmo assim, a popularidade dessa data tem crescido com o passar do tempo, mesmo não sendo feriado por lá.

Outra coisa interessante e completamente diferente é o conceito de Natal no Japão. Seu significado tem muito mais valor comercial do que religioso, tanto é que na década de 80, se iniciou uma campanha de marketing que fez com que o Natal passasse a ser associado com o “amor”, ganhando desta forma um conceito romântico, bem diferente do que ocorre por aqui.

Assim, no Japão, para muitas pessoas o Natal não é um feriado para passar com a família, mas com a pessoa amada. As decorações vermelhas despertam a paixão, o clima e a neve torna a noite ainda mais bela e romântica. Então nessa época, é quase certeza que o casal vai tentar abrir um espaço na sua agenda (relembrando que dia 25/12 para eles não é feriado) de forma que possam celebrar a véspera de Natal com um encontro romântico que pode ou não se estender pela noite toda.

Apesar disso os japoneses também celebram o dia dos namorados, mas, diferentemente daqui, eles não tem a tradição de trocar presentes nessa data, mas sim chocolates, então no Natal é a oportunidade dos japoneses darem presentes a sua amada.

E vocês podem estar se perguntando “e para quem é solteiro?”. Bom, para os solteiros é realmente crucial ter alguém para passar a véspera de Natal, assim para alguns é uma data interessante para poder desencalhar... hahaha...

Além disso, esqueça as uvas passas e todo o resto! As famílias japonesas, celebram a data com o frango frito do Kentucky e com o tradicional e delicioso bolo de creme com morangos.

Enfim, o Natal no Japão não tem a nada ver com uma festa cristã, mas de qualquer forma não deixa de ser uma data importante, pois o amor é celebrado de uma maneira especial. E você? O que achou das tradições natalinas japonesas? Deixe aí nos comentários.

Até a próxima e um Feliz Natal!




1 comentário(s)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta
LaylaBoy
2 meses atrás
Sim, comi bolo no natal lá no Japão, tive um jantar romantico e com toda certeza vi as luzes de natal... Foi bem estilo japonês mesmo UAHuah