Da Série Clássicos: SUPER CAMPEÕES

Confere aí!

01/09/2016 Última edição em 06/11/2016 às 20:34:23

Você ainda está em clima de olimpíadas? Não perguntei se você gostou ou não dos jogos ou se era a favor ou contra. Um fato importante é que, durante as três semanas de eventos que ocorreram no Rio de Janeiro a programação da maioria das redes de televisão só falavam de uma coisa: Olimpíadas. Os jornais só citavam o ranking, as medalhas e houve uma overdose de pessoas que apareceu falando com propriedade sobre modalidades que você sequer já havia ouvido falar.

Mas, gostando ou não dos Jogos, com toda certeza você deve ter acompanhado, ou pelo menos visto uma parte: o futebol. Pode ser o feminino (que brilhou, mas não chegou lá) ou o masculino, com aquelas figuras carimbadas e algumas iniciantes. E é sobre o futebol que nosso CLÁSSICO desde mês vai falar.

Prepare-se para SUPER CAMPEÕES ou CAPTAIN TSUBASA.

Com toda certeza você já ouviu falar deste anime, principalmente porque ele APARECEU na despedida dos Jogos Olímpicos do Rio, quando a cidade de Tokyo fez sua apresentação sobre os Jogos que daqui quatro anos irão inundar a cidade japonesa. Sim, o nosso amado Tsubasa participou do encerramento das Olimpíadas do Rio e só por este fato já podemos dizer que ele é um CLÁSSICO, pois está devidamente eternizado na galeria da fama dos Animes e Mangás.

Primeiro vamos a um resumo bem simples e que não contem spoilers:

Captain Tsubasa é uma história sobre futebol. O objetivo era promover o desporto no Japão, sendo inclusive apoiada pela Associação Japonesa de Futebol durante o desenvolvimento do Anime. Realmente a série ficou famosa no país e ajudou muito para o moral da Seleção Japonesa, que na época estava desiludida com o futebol.

O foco da história está nas aventuras da seleção japonesa de futebol e seu capitão, Oliver Tsubasa. A série possui várias características de super heróis, com movimentos de futebol dinâmicos contidos em ações fantasiosas. Também trata do relacionamento de Tsubasa com seus amigos, rivalidade com seus oponentes, treinos, competições e o andamento das partidas.

Muito bem, o criador deste anime/mangá não é nada menos que Yoichi Takahashi, que popularizou o esporte através de seus traços simples. O mangá original possui 37 volumes e o anime original cerca de 128 capítulos, sendo que 4 filmes e 1 OVA (referente ao período clássico do anime). Sendo que o último mangá lançado (Captain Tsubasa: Kaigai Gekito Hen En La Liga) foi publicado de 2010 a 2012.

Sobre o anime, vamos entrar agora na ZONA DE SPOILERS.

Começamos a história já vendo Oliver Tsubasa adulto e como um grande jogador de futebol japonês. Enquanto espera uma partida, ele se recorda os seus momentos de infância. Oliver estudou numa escola no qual o clube de futebol era fraco, mas que melhora bastante com a adição de Tsubasa. Ocorre que o maior inimigo desde clube de futebol é a escola Shutesu, que tem um goleiro imbatível: Benji Wakabaiashi. Somente Tsubasa consegue marcar um gol, durante um jogo para o uso do campo de treinos.

Na final do torneio interescolas, estas duas equipas voltam a enfrentar-se. Neste embate, Oliver e Carlos, um garoto que se mostrou um grande jogador de futebol, conseguem bater de frente com Benji Wakabaiashi, sendo posteriormente conhecidos como "Dupla De Ouro".

Mais tarde, a Federação Japonesa De Futebol, decide colocar todas as equipes da mesma cidade num só clube de futebol, convocando para a equipe os melhores jogadores. Esse clube fcou conhecido como "New Team", a equipe dos sonhos, cheias de craques, com destaque para Oliver, Carlos e Benji.

Ocorre que um outro rapaz com veia goleadora imparável surge: Kojiro Huega, um jogador vindo de origens pobres, órfão de pai, com três irmãos mais novos que joga futebol para ajudar a família, além de trabalhar na distribuição de jornais e de garrafas.

Durante o processo todo de desenvolvimento destes jogadores conhecemos seus “treinadores e mestres”. No caso de Kojiro, conhecemos Kira, que ensina um estilo de futebol agressivo, enquanto o mestre de Tsubasa, a incomparável estrela do Brancos (São Paulo) e que também jogava pela Seleção do Brasil, o grande Roberto Maravilha (conhecido no anime como Roberto Rongo), que viria a aposentar-se do futebol profissional devido a problemas oftalmológicos.

O New Team era favorito à conquista do Título de Campeão Nacional, mas Benji Wakabaiachi sofre uma lesão grave na perna durante um dos jogos e não foi fácil para Oliver Tsubasa chegar a final. Mas o New Team chega à final, onde iria enfrentar a equipe que a venceu no primeiro jogo da fase de grupos, o Meiva, cujo seu capitão era Kojiro.

Benji Wakabaiashi, mesmo machucado, joga durante grande final, a qual o New Team vence por 2 a 1, tornando-se Campeão Nacional.

Após este campeonato, as coisas mudaram: Carlos Misaki foi jogar na França, Benji Wakabaiashi na Alemanha, e Roberto Maravilha (Rongo) volta para o Brasil o que causou um enorme desgosto a Oliver. Dois anos passaram e todos os jogadores do New Team transferiram-se para outra escola.

Um tempo depois e após o Japão conquistar a Copa Mundial de Juniores, Roberto leva Oliver para jogar no time Brancos do Brasil, onde passou lá quatro anos, até ser transferido para a Liga Espanhola, no Catalhunha. Benji continuou no Grenwald da Liga Alemã, Kojiro Huega foi transferido para a Liga Italiana no Piemonte e Carlos Misaki esteve em grandes clubes da Liga Francesa. Assim, as quatro estrelas japonesas, se tornaram quatro estrelas europeias reconhecidas a nível mundial.

O último episódio do anime clássico é obviamente o Japão chegando à final da Copa Mundial, tendo como seu adversário a maior seleção de todos os tempos (até aquele momento), o BRASIL.

Você pode querer considerar que assistir um jogo de futebol é chato ou tedioso, portanto, o mesmo se aplica ao anime/mangá, uma vez que de fato sua maior preocupação é mostrar o futebol, tipos de jogadas e partidas eletrizantes, mas esta totalmente enganado. O que se vê no anime é a existência de cumplicidade entre os jogadores, o relacionamento deles com a bola, as partidas e rivais.

Oliver Tsubasa é um grande jogador que leva como maior qualidade a inocência e a competitividade. Ele se desanima como qualquer um com a derrota, apenas para se reerguer mais forte e confiante.

Outra grande característica do anime é o destaque que se dá para o goleiro, na figura de Benji, pois raramente esta posição ganha foco, uma vez que os goleiros são sempre menosprezados tanto na vida real como em animes de esportes.

É preciso ainda destacar as músicas: excelentes. Todas as aberturas possuem uma trilha sonora intensa e cativante que te leva para dentro do campo de futebol, para acompanhar de perto as disputas, as dificuldades.

Por fim, destaco o relacionamento das pessoas FORA DO CAMPO DE FUTEBOL. Os amigos que mesmo jogando em times diferentes mantém contato, as amizades que se perpetuam, as rivalidades que aumentam a cada partida. Quando pensamos em futebol nos restringimos a pensar apeas campo e suas linhas de demarcação, mas esquecemos que os jogadores são pessoas como a gente, que sofrem problemas pessoais como todos nós. Claro que não podemos esquecer que muitos deles ganham para jogar, mesmo assim, nem sempre é o dinheiro que os move, as vezes, há uma motivação muito maior que sequer conhecemos.

Além disso, não basta ter sido um grande anime, inspirou muitos outros mangakás e diretores a criarem histórias no qual o FUTEBOL é a estrela, como exemplo: "Super Onze" e "Hungry Heart".

Então, fica a dica, Super Campeões é um anime divertido, intenso, cheio de estilo e muito carismático que vale a pena ser visto e revisto. E por este motivo ele sempre será UM CLÁSSICO!




Comenta aí :)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta