Vamos falar de Bullying

O Bullying tem ocorrido em todos os lugares, muitos acreditam que este seja um dos motivos por acontecerem tantas atrocidades envolvendo crianças e adolescentes. Então, vamos falar um pouco de como alguns personagens de animes passaram por este processo de enfrentar o bullying? Vem com a Blast que vamos te dar excelentes exemplos de como superar isso!

20/03/2019 Última edição em 21/03/2019 às 09:11:10

Vamos falar de Bullying?

Parece que agora é aquele momento que devemos realmente falar sobre o quanto o preconceito pode fazer realmente diferença na vida de uma pessoa. Em dias como hoje, que videogames são condenados porque uma suposta influencia em mentes jovens, em dias como estes que qualquer motivo para a condenação se torna uma justificativa, temos que lembrar que esta não é a resposta.

Não existe uma resposta simples para solucionar o Bullying, não existe uma formula mágica para evitar que tragédias como a de Suzano se repita. Mas existe a esperança de que juntos e com determinação sejamos capazes de transformar a sociedade, de mudar os paradigmas e de fazer com que pessoas aceitem a si mesmo e ao próximo de forma natural.

Apenas para situar, Bullying é uma variação da palavra de língua inglesa “bully”, que pode ser traduzida para o português como o adjetivo “brigão”, ou os verbos “amedrontar” e “intimidar”. Embora ainda não haja um significado específico para o termo, ele pode ser entendido como a ação de ameaçar, tiranizar ou oprimir uma pessoa.

Independentemente da faixa etária, da classe socioeconômica ou do tipo de escola, o bullying sempre traz resultados negativos para todos. Por isso, vamos analisar alguns casos de personagens de animes que tiveram que superar o Bullying:

O CAMPEÃO... Naruto (anime/mangá Naruto)

Com toda certeza Naruto foi um dos personagens que mais sofreu Bullying quando criança. A culpa nem era exatamente dele, mas do que ele carregava dentro de si (Kurama – raposa de nove caudas, que causou muitas mortes por onde passou). Naruto foi o tipo de criança que, por mais que ele fosse zombado, zoado, maltratado e lembrado o tempo todo de que “não era querido”, ainda sim cresceu com um sorriso no rosto, cresceu com uma chama de determinação e uma necessidade muito grande de ser aceito.

Claro que ele não impôs a si mesmo aos outros, o jeito que lidou com o Bullying foi o modo mais adequado: teve paciência, se esforçou para ser melhor e se esforçou para que os outros o entendessem. Não que ele tenha sido feliz o tempo todo, claramente sua infância foi difícil, mas ele foi capaz de superar as adversidades.  

A PRINCESA... Sawako Kuronuma (anime/mangá KIMI NI TODOKE)

Às vezes você é julgado pela aparência e este é caso de Sawako, apelidada maldosamente de Sadako por seus colegas de classe por sua semelhança com o personagem do filme Ringu (filme de terror). Não obstante, qualquer tragédia que acontece com os colegas, ela é considerada a culpada. A jovem, porém, é doce, divertida e muito tímida, o que complica ainda mais, pois não é capaz de se defender de falsas acusações ou mesmo do Bullying sofrido constantemente.

Na verdade, as coisas só começam a mudar quando Shota Kazehaya (o aluno popular) declara seu amor por ela e ela descobre que é capaz de tudo, sem ter medo. Descobre que existem pessoas boas e que gostam dela do jeito que ela é e que nem todas as pessoas se importam com as aparências.

O FEITIÇO VIRA CONTRA O FEITICEIRO... Ishida e Shouko (anime/mangá KOE NO KATACHI)

Quando você simplesmente quer implicar com uma pessoa, não tem motivo, não tem razão, não tem lógica, você só tem a necessidade de ser maldoso porque aquela pessoa é inofensiva demais, inocente demais... Qualquer um destes motivos vai ser motivo. Acontece que Ishida, um garoto travesso passa dos limites quando começa a atormentar de forma insistente, cruel e até mesmo violenta uma colega de turma recém transferida chamada Shouko. O problema é que após causar tantas dores para a jovem, é ele quem passa a sofrer Bullying, sendo considerado o causador dos problemas enfrentados pela garota. O Bullying contra ela é aquele do tipo isolamento, de maneira que no final das contas, o cara que aplicava Bullying passar a ser aquele a sofrer Bullying.

A história é bem simples e singela, mas mostra que é possível se tornar outra pessoa, que todos estão sujeitos ao Bullying e que podemos sim nos redimir das maldades que fizemos contra outras pessoas, basta apenas ter vontade.

 

É isso, falamos um pouco sobre personagens que sofreram o Bullying e como o enfrentaram estas dificuldades. Mas é importante lembrar, se você estiver sofrendo Bullying na escola ou no trabalho, deve reportar aos responsáveis (na escola para a direção ou para os professores e no trabalho para o RH ou responsável de departamento). Não tenha medo de enfrentar aqueles que estão causando o Bullying, pois a pior atitude é se calar diante de uma injustiça.




2 comentário(s)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta
LaylaBoy
2 meses atrás
Konekomaru, acho importante usarmos exemplos do nosso dia a dia para falar sobre assuntos pesados, sem, porém, ficamos batendo na mesma tecla!
Konekomaru
2 meses atrás
Muito legal a matéria , parabéns Layla boy!