É hora do duelo... Com Kakegurui!

Prepare-se para o duelo e é a sua vez! No princípio você pode pensar que é um anime simples e, na verdade você não está enganado, mas Kakegurui trás uma atmosfera bem tensa e ao mesmo tempo "viciante", que o faz querer ver todos os episódios de uma única vez, como se você fosse um jogador compulsivo. Então, cuidado para não se viciar! Afinal, apostar é ser um pouco louco!

10/04/2018 Última edição em 10/04/2018 às 18:58:03

E vamos lá, jogar!

A princípio você pode pensar que é algo como Yu-Gi-Oh ou No Game No Life, mas vou dizer que é menos divertido que Yu-Gi-Oh  e muito mais interessante que No Game No Life.

A Netflix tem se esforçado bastante para trazer para seu mundo animes com excelente qualidade de traços e com temas que deixam o expectador cativado. Vou dizer que este anime me capturou na primeira cena, principalmente porque o cenário é dentro de uma escola e isso, por si só, já é bastante absurdo!

Segue o trailer da Netflix:

Vamos à alguns dados:

O anime na Netflix possui 12 episódios e foi baseado em um anime de mesmo nome lançado em 2015. O autor do mangá é Homura Kawamoto, já o anime foi dirigido por Yuichiro Hayashi. Na Netflix temos apenas a primeira temporada, mas há um planejamento para o lançamento de uma segunda temporada, se o anime atingir os índices esperados. Esperamos que chegue lá!

Uma breve sinopse do anime:

Conheça a recém transferida aluna Yumeko Jabami, para a escola Hyakkaou Private Academy. Ela é uma garota de voz doce e muito delicada. Ela foi transferida por um motivo que não fica claro, mas desde o início tem uma forte afeição por Ryota Suzui, um "vira lata". É preciso entender que quando Yumeko entrou na escola descobriu (ou talvez já soubesse) que após as aulas o local se transforma em uma "Las Vegas" japonesa. Todas as salas e ambientes se tornam um lugar para jogos e apostas. Apostas estas que podem ser desde baixo valor até valer a sua própria vida. E Yumeko logo de cara é submetida à um jogo chamado "jankenpon" por uma das alunas mais promissoras da sua sala, Mary Saotome. O que Mary jamais poderia saber é que Yumeko É VICIADA EM JOGO.

A verdade é que durante toda a séria vamos percebendo que Yumeko NÃO SE IMPORTA com os riscos das apostas, aliás, quando maior e mais interessante, quanto maiores os riscos melhor fica, de maneira que ela coloca sua propria dignidade, sua vida e ainda seu destino em jogo, apenas para satisfazer suas vontades. Pois para ela, jogar é enlouquecer.

Assim, descobrimos e acompanhamos a trajetória de Yumeko neste mundo de apostas que tem muito mais que apenas sorte envolvida. Na verdade, o que mais se tem são falcatruas e "roubos".

Não se esquecendo que uma dívida pode te transformar em um objeto e os ganhos podem te transformar em um "deus".

Opinão:

O que conta é a opinião, então vamos lá.

Gostei muito da abertura e do encerramento. A música de abertura é uma delicia de ouvir. Os gráficos são excelentes, as feições dos personagens quando estão provocando outro ou ainda quando estão em um momento de tensão são razoavelmente realistas.

O que incomoda um pouco é a sexualização, os personagens ficam excitados durante os jogos e isso causa uma impressão bem estranha na primeira vista.

Tem sangue, tem dor e tem manipulação mental, por si só isso já é bastante divertido. É preciso encarar o fato que não é um anime para crianças, principalmente porque incentiva o jogo e apostas, mas fora isso, é um anime que encanta desde o início.

Os traços são bons. As cores utilizadas são marcantes, principalmente o vermelho, que lembra muito sangue e dor. A fotografia é boa.

Os personagens crescem ao longo do anime, embora alguns não tenham um crescimento muito bom ou acentuado. A própria protagonista não é tão desenvolvida quando o esperado, ficamos apenas pensando quais os mistérios que ela possui, pois nenhum deles foi efetivamente confirmado ou demonstrado ao longo do anime. É muito mais fácil conhecer os outros personagens do que a própria protagonista, que a todo momento nos engana.

Vale a pena assistir e se divertir.

Mas cuidado, que você pode se viciar! 




2 comentário(s)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta
LaylaBoy
7 meses atrás
Ashllan, você assiste numa "tacada" só UHAuha
Ashllan
7 meses atrás
Achei ótima a análise. Já queria assistir agora só reafirmei minha vontade ^^