Serial Experiments Lain - O anime mais Importante e Distópico dos anos 90!

Confira uma análise filosófica e reflexiva do anime "Serial Experiments Lain", e o impacto que essa obra teve no meio dos animes.

11/02/2020 Última edição em 11/02/2020 às 09:47:34

Como transcrever em palavras o que o mundo da cultura dos animes sentiu com a chegada de Serial Experiments Lain? É um anime que brinca com o nosso psicológico e faz alguns paralelos bastantes realistas com mundo de hoje, mesmo tendo sido lançado originalmente em 1998.

Mas antes, vamos começar com a Sinopse: O anime fala da vida monótona e "programada" da Lain, uma estudante de 14 anos que nunca se interessou muito por tecnologia, mesmo com muitos amigos falando sobre isso e se comunicando por e-mails. Ela, possivelmente, não demonstrava interesse em viver, sendo só mais uma pessoa com obrigações e deveres. Ela não tinha muita aproximação com seus pais e a irmã, o que a deixava triste. Um dia ela decidiu pedir para seu pai um PC, já que o pai dela trabalhava com eletrônica e computadores, e a partir disso, a vida dela muda para sempre.

A partir daqui TERÁ SPOILERS, então não reclame depois, beleza?! Desde de que Lain conseguiu o PC, a vida dela e de todos os outros começaram a mudar, além disso muitas coisas estranhas começam a acontecer. O que no começo parecia mera coincidência, se mostra não ser apenas isso. Lain e todos da sala de aula começaram a receber e-mails de uma garota chamada "Yamada Chisa", que tinha cometido suicídio, e todos estranharam. Chisa quando está narrando o anime diz coisas como "eu não preciso ficar aqui", "eu não preciso mais de um corpo" e que ela poderia viver na Wired, falas que lembram o filme Matrix. Lain entra na Wired, que é como se fosse a Internet nesse universo, e o que acontece é que a realidade do mundo real e a da Wired começaram a se fundir. O anime foca muito o seu visual na urbanização, nos fios de tensão, de eletricidade, realçando essa conexão que a realidade tem com a tecnologia. Um anime dos anos 90 prever isso nos dias atuais é incrível.

Quando a Lain entra na Wired, o Pai dela diz para Lain não confundir o mundo real e o da Wired. Lain diz que isso não vai acontecer e que "ela é ela mesma ainda". Na Wired, ela conseguiu se comunicar com várias pessoas e entidades, mas o que não é esperado acontece, ela está deixando de ser ela mesma, ela tem uma crise de identidade, porque criaram uma outra personalidade na Wired que não é ela. Então começam  a endeusar Lain da Wired, pois ela passa a ser vista como Deus, pois conseguia manipular as pessoas e machucá-las, e também fazer as conexões do mundo da Wired e o mundo real, mas não é a Lain real que faz isso. Ela começa a se distanciar mais das amigas e dos familiares, entrando de vez na Wired para descobrir quem são os "Knights", uma civilização anônima que gera os dados da Wired, que está investigando a Lain. 

Nos primeiros 6 episódios nós conseguimos parcialmente entender o que se passa no anime e na cabeça de Lain, ela e outras pessoas querem deixar a vida que tem, mas não não querem deixar suas vidas apenas na Wired. Isso faz com que a realidade fique confusa e, durante o anime, fica nas entrelinhas o que é real e o que é falso. A Lain da Wired consegue se tornar uma personalidade da Lain no mundo real. Em uma cena do 3 episódio em que que Lain está em uma festa, e ela percebe que um cara estava enlouquecendo por causa da tecnologia, ela diz uma frase que praticamente dita o que é o anime. A Lain da Wired personificada na Lain do mundo real diz: "não importa para onde você vá, todos estão conectados", isso é o que o cara da festa temia, que as máquinas o manipulassem, e ele se mata na frente da Lain com uma arma.

Os últimos 7 episódios são confusos, mas essa é a ideia do anime, você interpretar e procurar mais sobre ele. Essa confusão também contece porque vemos o anime no ponto de vista de Lain, e tanto ela quanto nós estamos confusos sobre tudo que acontece. No episódio 11, os primeiros 11 minutos são uma recaptulação de cenas pesadas, com um efeito Matrix,  e uma música agitada de rock, mostrando o quão paranóica está a mente de Lain, e isso é uma coisa incrível que só no meio da arte podemos experimentar.

O final do anime é uma bruta crise de identidade que a Lain tem, tanto que toda essa dor que ela sentiu durante a história fez ela conseguir o poder de apagar memórias de pessoas, e ela não queria fazer isso com nenhuma pessoa, mas ela fez isso para si mesma, ela apagou a Lain da memória de todos que a conheciam, e ela viveu o resto de sua vida na solidão da Wired, a última frase do anime é "eu estou aqui, então ficarei com você para sempre" referindo a si mesma, e ela "morre" metaforicamente, pois a Lain do mundo real morreu, e só resta a Lain da Wired. Ela se deixou transformar em um programa. O final é subjetivo, e essa é minha interpretação.

Reflexão: essa animação é uma representação de como um anime pode falar de temas sérios como a inserção da tecnologia na nossa vida, a revolução das máquinas e o psicológico frágil das pessoas, o distanciamento que algumas pessoas vem tendo dos amigos e familiares devido a tecnologia. Tem uma cena no anime que mostra perfeitamente isso, quando ela volta da escola para casa, ela vê sua irmã e seus pais, mas eles não trocam nem uma palavra, com uma música melancólica de piano de fundo. Sem nenhuma palavra nós conseguimos sentir os personagens, e literalmente ela perde a vida na tecnologia como algumas pessoas que enlouqueceram com isso. Todo episódio começa com uma narração dizendo "present day - dia presente , present time - hora presente", porque cada vez mais que o tempo passa, o anime fica mais atual, e essa é uma ideia que veio do falecido diretor Ryūtarō Nakamura, para mostrar o quão rápido as coisas mudam, e isso é profético porque o anime é de 1998 e fala de coisas tão atuais, e por isso esse anime é tão importante para a cultura cult dos animes.

Então este redator recomenda que você leitor assista esse anime e depois deixe aqui nos comentários o que você achou. Por fim vou deixar vocês com a abertura desse anime a seguir:




2 comentário(s)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta
kodo no kami
3 semanas atrás
um dos melhores animes com tematica computação *-*
Snow
1 mês atrás
Lain é uma obra prima, e pareceu como seria o futuro, pois hj não sabemos mais quem é quem nem na web nem na realidade....