Netflix: Parece Zootopia, mas é BNA, Brand New Animal!

Parece ZOOTOPIA, mas é BNA, Brand New Animal, um anime com seres humanos e meio-humanos/meio-animais zanzando pelo mundo a fora. Mas não se precipite, pode ser melhor do que você esperava.  

09/07/2020 Última edição em 09/07/2020 às 08:24:18

Resenha escrita por: Layla Boy

https://www.facebook.com/layla.rodrigues.1447342


Parece Zootopia, mas é BNA, Brand New Animal, um anime com seres humanos e meio-humanos / meio-animais zanzando pelo mundo a fora. Mas não se precipite, pode ser melhor do que você esperava.

Ficha Técnica

Plataforma: NETFLIX

Direção:  Yoh Yoshinari

Produção: 2020

Origem: Japão

Estúdio: Trigger

Resumo

Vamos adentrar este mundo conhecendo uma jovem chamada Michiru, que era uma garota humana normal, até quem certo dia, passou a ser uma meio-animal (cão-guaxinim). Assustador, né?! Mas o pior é que ela vive numa sociedade onde ser um meio-animal pode causar muitos problemas. Assim, com medo de tudo e de todos, ela resolve buscar abrigo em uma cidade no qual só vivem meio-animais, a chamada "Anima City". E é lá que a história começa a se desenvolver. A jovem irá conhecer um meio-lobo que odeia humanos e juntos, eles irão buscar tentar entender o que está acontecendo com a sociedade seu redor.

Questões que devem ser observadas

Estamos passando por um momento global no qual entrou em discussão (novamente) o racismo e a discriminação por gênero, o qual já deveriam ser coisa do passado, ou seja, as pessoas deveriam se ver sempre e unicamente como iguais. É neste contexto que vivemos que o anime vem para nos colocar frente a frente com estes assuntos que muitas vezes tentamos não ver.

Estamos diante de um anime que materializa parte daquilo que vivemos hoje, ou seja, a segregação entre humanos e “meio humanos”, onde uns lutam contra o medo e outros impõem o medo.

Diante de nós, um desenrolar chocante e um reflexo nítido da nossa sociedade como um todo, vemos uma sociedade corrompida, estigmatizada e cheia de dificuldades em aceitar os defeitos uns dos outros. Somos imperfeitos, mesmo assim, somos incapazes de aceitar a imperfeição daqueles que estão a nossa volta, que estão sofrendo, assim como nós.

O anime traz discussões que poderiam ser mais profundas, mas são discutidas de forma leve e quase superficial, mas é possível através dele estabelecer um diálogo muito mais intenso e muito grandioso sobre todos os tipos de situações que estão presentes em nossa sociedade e que estão refletidas no anime.

Mas é uma excelente pedida para quem curte animação.




1 comentário(s)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta
Snow
3 semanas atrás
Eu comecei ver esse anime aí, muito bom kkk