Especial Pokémon- História dos Games I

Confere aí!

19/10/2013 Última edição em 00/00/0000 às 00:00:00

Esse é o real herói!!!

Em um mês onde a franquia Pokémon passa por grandes revoluções, a Blast! Resolveu fazer uma simples, porém simbólica, homenagem a esta fantástica e viciante produção.

E que homenagem melhor do que lembrar a origem dos games que significaram mais do que gráficos simples do GameBoy? Então, que tal conhecer toda a origem da franquia de games Pokémon?

Tudo começa quando alguns amigos decidem criar uma franquia de jogos, a Game Freak, em 1982, que se transformou, no final da década de 80, em uma sala da grande Nintendo. Então, o nosso brilhante herói Satoshi Tajiri (um dos criadores da Game Freak) imagina um jogo de capturar e lutar com monstrinhos. Ele passa a ideia para a Nintendo, que não gostou muito. 

 

Porém, de qualquer forma, por 5 longos e duros anos, ele e seus 5 amigos (que fundaram a Game Freak) batalharam na criação de Pokémon Red & Green (no Brasil Red & Blue). Então, em 1996, o jogo foi liberado para o console Game Boy e, no mesmo ano, mais de 8 milhões de cópias já haviam sido vendidas sem nenhum tipo de publicidade. 

Após esse game que foi um sucesso, Satoshi pensa em criar um anime, mas isso é uma história para outro dia...

Em relação ao sucesso paralelo do anime, a franquia de games decidiu apostar num jogo especial, Pokémon Yellow: Pikachu Special Edition, que, obviamente, foi um outro grande sucesso. 

Mas, em visa ao sucesso imediato, foi à vez do console de Nintendo 64 ser escolhido para os jogos Pokémon Stadium, Hey You, Pikachu! (que não deu certo no ocidente por não poder ser traduzido) e Pokémon Snap.

De volta ao Game Boy, Pokémon Pimball foi criado para auxiliar todos os outros games e finalizar com chave de ouro a, muitos anos depois, tão conhecida como “Primeira Geração Pokémon”.

Agora explorando como console o Game Boy Color, a franquia decidiu, nessa nova onda, apostar tudo numa nova saga, um mundo novo, 100 novos pokémons, personagens novos e, para demarcar uma nova fase com sucesso, as variações entre dia e noite. Assim, com todas essas características, não é de se esperar que os jogos Pokémon Gold & Silver não fossem um real sucesso.  

Mais tarde, criou-se, ainda para Game Boy Color (GBC), Pokémon Silver, que era um jogo semelhante aos outros dois, porém possuía um gráfico melhorado, algumas animações novas antes de se iniciar uma batalha e era o único jogo onde podia-se capturar o lendário Celebi.

Já para o console de Nintendo 64, criou-se Pokémon Stadium 2, que possuía todos os 251 pokémons e alguns minigames. Também criou-se vários spin-offs, são eles: Pokémon Puzzle Chalenge, Pokémon Puzzle League, ambos do mesmo gênero (o primeiro foi lançado para Game Boy Color), Pokémon Trading Card Game e Pokémon Trading Card Game 2.

E assim, encerrou-se a “Segunda Geração Pokémon”.

Para que esse artigo não se torne muito extenso, devido à numerosa quantidade de games da franquia, decidi dividi-lo em dois artigos. Este termina nessa segunda fase.

Porém, para que vocês acompanhem passo a passo a trajetória Pokémon, que tal assistirem a um vídeo de pessoas jogandoPokémon Red e Pokémon Gold, derrotando Brock e Falkner

 

 

Até a próxima, galerinha!!!




Comenta aí :)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta