Voltando a Idade da Pedra

Uma história pós-apocalíptica diferente, que põe a humanidade na idade da pedra.

09/09/2019 Última edição em 11/09/2019 às 08:47:33

Em meio a tantos shonen clichês, com histórias repetitivas e personagens pouco cativantes, nessa temporada de verão 2019 da Crunchyroll surgiu um diamante bruto. Mais que isso, uma pedra que está sendo lapidada capítulo após capítulo. Um anime que já veio Hypado, e que vale esse Hype, e que possui elementos muito interessantes. Sim! Estou falando de Dr. Stone, de Riichiro Inagaki e Boichi, um anime com ideias novas e muito bem exploradas.

Dr. Stone, acelerando o desenvolvimento da ciência!

Temos um começo bem comum para um anime, se passando em um colégio do ensino médio, e com dois dos personagens principais da história dialogando. O jovem, enérgico e inocente Taiju conversa com seu amigo, Senku, sobre a possibilidade de se declarar a sua amada Yuzuriha. Esperando uma reação crítica de Senku, que é um jovem gênio da ciência, ele recebe uma resposta bem mais animadora de seu amigo. O brilhante Senku diz que a possibilidade da declaração dar certo é altíssima devido as circunstâncias, e mesmo Taiju sendo um bobalhão desastrado. Decidido e esperançoso, muito mais que confiante, Taiju vai de encontro a Yuzuriha para fazer sua tão esperada declaração de amor (o garoto nutre uma paixão platônica a 5 anos). Ao encontrar a belíssima Yuzuriha, Taiju começa a falar, mas, de repente, quando as palavras iam sair de sua boca, um clarão inesperado vem de encontro com os dois. Nesse momento ele empurra sua amada, para protegê-la do perigo, em direção a uma árvore e vemos toda a humanidade ser petrificada por essa misteriosa luz.

Momento do clarão, antes de todos os seres humanos serem petrificados.

Conseguinte, vemos Taiju petrificado se esforçando para se manter consciente. Seu objetivo de salvar a amada Yuzuriha, e finalizar o que havia começado (sua declaração), o fazem ficar pensando enquanto está petrificado. Vemos alguns momentos filosóficos, e breves, antes de Taiju passar pelo processo de ruptura do estado petrificado e voltar a ter o corpo livre. Ele corre em direção ao local em que viu Yuzuriha pela última vez e, ao encontrá-la, se emociona por não poder fazer nada para livrar sua amada desse sofrimento. Pensando não ter mais chances de reverter o processo de Yuzuriha, ele se declara com ela ainda petrificada, e quando está prestes a sair lê uma carta na árvore escrita por Senku que o espera em um rio próximo dali. O jovem sai correndo desvairado, até que encontra seu amigo. Lá eles têm uma longa conversa, no qual Senku revela ter contado segundo por segundo do tempo desde que havia sido petrificado, e chegou a incrível conclusão que estavam no dia 5 de outubro de 5738 (ou seja, 3720 anos após o fatídico evento).

Cena hilária do encontro de Taiju com seu amigo Senku, após mais de 3000 anos.

Após toda essa loucura, vemos a parte mais legal do anime, que é a exploração da ciência, por Senku, para salvar a humanidade. Ele estudou o seu próprio processo de reversão e a de Taiju, e formulou um solvente para tirar as pessoas do estado de pedra que se encontram. Juntando ácido nítrico da caverna que deixou Taiju, e álcool, ele cria nital, e com essa química planeja despetrificar os humanos um a um até trazer o mundo a normalidade. Com a ajuda do incansável e forte Taiju, ele começa a organizar o que precisa para isso, mas vê seu amigo implorando para reverter o processo de Yuzuriha. Vendo o desespero, e ao mesmo tempo, sendo compassivo, Senku consente e vão em direção a localização da amada de Taiju para trazê-la de volta a normalidade. Porém, são surpreendidos no caminho por leões, que são descendentes de animais de zoológico (segundo a teoria do jovem gênio). Sem alternativa, Senku visualiza um homem de pedra, e conversa rapidamente com Taiju, os dois se lembram da figura que é nada mais, nada menos, que Tsukasa Shishio o jovem mais forte do Japão, e decidem tirá-lo do estado de petrificação. Assim que é salvo, Tsukasa desce um murrão na cara dos leões e os mata com um golpe só.

Tsukasa, "O Primata Mais Forte do Ensino Fundamental" do Japão.

Aqui começamos realmente a trama de Dr. Stone, pois, em pouco tempo, Tsukasa se revela o “vilão” da história. Ele pretende salvar apenas os jovens e crianças, e eliminar os adultos e idosos, para purificar a Terra e reconstruir a história da mesma. Feito a proposta, Senku se nega a participar dessa “reconstrução”, explicando que não se importa em reviver pessoas boas ou más e sim reconstruir a humanidade à partir da ciência. Mesmo após isso, temos breves momentos de união dos três, até que Taiju e Senku revertem o processo de petrificação de Yuzuriha e planejam construir uma sociedade a partir da ciência para enfrentar o poderoso, e descontrolado (pois são destruindo humanos adultos e idosos petrificados) Tsukasa.

Os protagonistas, Senku (do topete verde), Taiju e Yuzuriha.

À partir daqui, sugiro que assistam o anime, pois vemos diversas questões filosóficas e cientificas serem maravilhosamente bem abordadas pelos personagens. Gostei muito do traço, bem desenhado, detalhado e um pouco diferenciado do habitual. Outro detalhe é a fidelidade para o nome dos minerais, plantas, animais, elementos químicos e questões científicas. Temos vários momentos cômicos, e, também, referências (como a jogos RPG, sempre que produzem algo aparece uma janela, como em Dragon Quest, indicando que adquiriram um objeto novo). Abaixo, vou deixar o trailer do anime para vocês conferirem:

Espero que tenham gostado do review, e até a próxima leitores da Rede Blast! Arigatou gozaimasu!




Comenta aí :)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta