Veja o que você pode encontrar no Remake de Residente Evil 2

Confira o que você poderá ver em Residente Evil 2 (2019) e se prepare para reviver o terror do clássico de Playstation 1.

13/05/2019 Última edição em 13/05/2019 às 07:38:23

Um dos maiores ícones dos jogos de horror está de volta em uma versão magnífica de remasterizarão, tanto para os antigos, quanto para quem nunca apreciou algum outro jogo de sua franquia dos clássicos PlayStations. Pode acreditar que Resident Evil 2 será o causador de um novo ciclo do gênero num futuro próximo, sem remodelar o game, mas sim adicionando pequenos detalhes das novas gerações.

Lançado para a nova geração, não é um remake como temos visto sempre as empresas fazendo recentemente. Residente Evil 2 foi refeito do zero, desde sua jogabilidade, aos gráficos insanos, aprofundando ao máximo na anatomia dos zumbis que irá encontrar. Não é nenhum exagero, podemos citar ele como um jogo realmente NOVO.

O jogo está rodando em cima da RE Engine, um motor gráfico desenvolvido totalmente para ele. Sabe aquela situação que vemos um gráfico maravilhoso nos trailers e quando vamos jogar percebemos uma queda de qualidade absurda, isso não acontece com Residente Evil 2, tudo o que foi apresentado de imagens prévias é exatamente o gráfico do game, principalmente se possuir um PlayStation 4 Pro, Xbox One X ou um PC monstro para games.

É até difícil falar sobre o game sem despejar milhões de spoilers (para os jogadores novos e para os veteranos também), já que ao mesmo tempo quero que tenham a própria experiência de descobrir as novas mudanças (para os veteranos) e que possam conhecer essa obra prima (para os novatos).

O jogo original de Playstation 1 é dividido em 2 discos onde se é forçado a iniciar com Leon Scott Kennedy e em seguida reviver a história em outros momentos com Claire Redfield, o trajeto dos dois durante o game é separado porem se passa ao mesmo tempo, ocasionando pequenos encontros durante o jogo. Já na nova versão você pode escolher com qual dos dois quer iniciar, já que não fará diferença na narrativa, pois muita coisa lhe é passada nas cutscenes iniciais. Eu nostálgico como sou, decidi seguir a história como me foi passada anteriormente, começando com Leon e concluindo com a Claire.

Resident Evil 2 tem um ar tão pesado e tenso que você se sente realmente aliviado ao encontrar uma sala segura com bastante luz para poder salvar e respirar mais tranquilamente, ao escutar os passos de Mr. X já lhe deixa com as mãos trêmulas querendo apenas encontrar um lugar para se esconder.

O jogo possui alguns jumpscares que fazem parte de todo jogo de terror, porém ele não se entrega totalmente a essa forma de te atormentar, o medo psicológico de cada esquina cogitar a ideia de encontrar o Mr. X ou um Licker chega a ser aterrorizante. Cada zumbi aparenta estar estrategicamente colocado em pontos para lhe dar sustos ou medo de apenas passar do lado de um cadáver deitado ao chão.

Algo que me surpreendeu quanto a esse novo game é o simples detalhe de mostrar nos zumbis exatamente onde você o acertou com a bala, se atiro na boca, a boca será estourada, se atirou no olho, o olho irá desaparecer e assim se segue para qualquer outra parte do corpo.

Uma curiosidade final. Em 1998 a Capcom fez um trailer em Live Action para o lançamento do Residente Evil 2.

Neste remake foi feito também um trailer parecido com o clássico.

Indico totalmente jogar o novo Resident Evil 2, de preferência a noite com as luzes apagadas com um ótimo fone de ouvido. Até mais e que seu coração não pare!! ^^,




1 comentário(s)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta
Konekomaru
4 meses atrás
Muito boa a matéria.