Resenha do primeiro episódio de Saint Seiya: Soul of Gold

Confere aí!

13/04/2015 Última edição em 13/04/2015 às 00:00:00

[Esta resenha contém spoilers]


A abertura inicial do anime mostra Seiya e sua turma correndo com a armadura de Athena na mão e deixando para trás os Cavaleiros de Ouro, que juntos se preparam para destruir o muro das lamentações com a poderosa flecha do cavaleiro Aiolos de Sagitário. Mostra com detalhes cada pedaço da Saga de Hades, incluindo as falas originais sem modificações e mostrando o sorriso de felicidade, mesmo perante a morte iminente. Quando Aiolos de Sagitário lança a sua flecha que corta o ar e se torna uma luz intensa, derrubando o Muro das Lamentações e também abrindo caminho para os Cavaleiros de Bronze. Este início do anime mostra também o choro da Deusa Athena perante a morte de seus doze cavaleiros, pois nada podia fazer, uma vez que estava presa dentro do Jarro, nos Campos de Helisios.


Seiya de Pegasus, Shun de Andrômeda, Ioga de Cisne e Shiryu de Dragão chorando por deixar para morte os Santos de Ouro

Aiolia salva uma garota chamada Lyfia, que conta que ele está nas terras de Asgard, onde reina Odin. Aiolia começa a busca para voltar ao santuário, mas esta garota permanece seguindo-o e, após algum tempo, convence-o a participar de um almoço, onde contaria sua história.

Lyfia revela os planos de Andreas, que está iludindo o povo de Asgard e que recriou a poderosa Árvore Yggdrasil, que possui o poder de destrui a Asgard, e também que ele deseja comandar todo o reino. O Cavaleiro de Ouro não se mostra interessado em ajudar a garota nesta jornada. Aiolia também se assusta em lembrar que morreu destruindo o muro das lamentações junto com seus companheiros e está confuso por não saber o motivo de estar vivo e o porquê de estar nas terras de Asgard, mas afirma para a sua convidada que enquanto tiver um corpo de carne e osso deverá lutar como Cavaleiro de Athena.

Mesmo com a frase do cavaleiro de Athena, Lyfia conta que o desejo de Hilda, que faleceu de uma doença, nada mais era de que a terra de Asgard fosse passada para as novas gerações. A garota não sabia o porquê de ter aceito tal missão de sua protetora, mas desejava cumprir o pedido. Aiolia não se mostra interessado, levanta e sai da instalação para tentar voltar ao Santuário.


Imagem que mostra o retorno dos comerciais em Saint Seiya Soul of Gold

No segundo bloco do anime, Aiolia segue andando na neve, pensando nas palavras de Lyfia, quando, de repente, sente um cosmo poderoso que o assusta e volta correndo para ajudar Lyfia, que está em perigo.

Frodi, o Guerreiro Deus de Asgard, captura Lifya e zomba por ela ter sido abandonada pelo cavaleiro de ouro, dizendo que esta seria sua chance de enfim derrotar um Guerreiro Dourado, porém a garota afirma que o guerreiro tinha sua própria luta e precisou partir. O Guerreiro Frodi insiste em dizer que ele se acovardou e que o cavaleiro de Athena a abandonou. Nesse instante, a voz de Aiolia ruge como um Leão e, com um golpe na velocidade da luz, corta as cordas que prendiam a garota. Aiolia aparece e diz a Lyfia que iria ajudá-la e que esta nova missão não iria demorar quase nada, queassim que resolvesse tudo em Asgard nas Terras de Odin voltaria para o Santuario.


Aiolia de Leão durante o salvamento de Lyfia

Durante a conversa entre Frodi e Aiolia, o inimigo zomba do Cavaleiro de Ouro e simplesmente pede para que mostrasse do que um Cavaleiro de Ouro era capaz. Enfrentando seus guardas, então, o Guerreiro de Athena começa a vestir o seu manto dourado, a Armadura de Leão, e logo em seguida aplica o poderoso golpe Cápsula do Poder nos soldados, derrubando todos instantaneamente. Para retribuir o pedido do Guerreiro Deus de Odin, também pede para este guerreiro mostrar seu poder.


Aiolia após vestir a Armadura de Leão

Frodi de Gullinbursti possui a Espada da Vitória, que se move como desejar, e assim a luta entre os cavaleiros começa bastante acirrada, porém a superioridade do Guerreiro Deus logo aparece e este derruba Aiolia com um golpe poderoso que poderia matá-lo. Logo em seguida, o Guerreiro Dourado mostra porque foi escolhido pela Armadura de Leão e se levanta para prosseguir a batalha, mesmo sabendo que seus golpes na velocidade da luz não surtiram efeito no inimigo.

Enquanto Aiolia se levanta, Frodi afirma que Aiolia não morreu com seu poderoso golpe porque já havia sido morto antes, e que na terra de Asgard havia uma lenda que conta haver uma legião de mortos, chamada Einherjar, e que, segundo a lenda, símbolos aparecem nos corpos das pessoas que já estão mortas. Mesmo com esta lenda e os risos de seu inimigo, Aiolia diz que o guerreiro de Asgard poderia ficar rindo o quanto quisesse, pois ainda não sabia o motivo de ter renascido e justamente naquele lugar, e por isso lutaria. Frodi diz que resolveria tudo de uma vez e manda que o Aiolia morra outra vez, e que desta vez sofra pela eternidade. Neste momento, o pingente do cavaleiro de Athena dado por seu irmão Aiolos começa a brilhar e o Guerreiro Dourado vê um flash de seu irmão sendo projetado pelo pingente e falando com ele.


Pingente que Aiolos deu para Aiolia cria um Flash  que ajuda seu irmão na batalha contra Frodi

Após o flash back de Aiolia com seu irmão mais velho, Aiolos, o cosmo do Guerreiro Dourado queima mais poderoso e, então, ele diz que decobrirá algo pelo que morrer dando a sua alma. Neste momento, o cosmo do Guerreiro Dourado atinge seu ápice, transformando a Sagrada Armadura de Leão na Armadura Divina de Leão. Frodi fica perplexo com a mudança de armadura e pergunta que tipo de armadura era aquela. Enquanto isso, a Lifya apena observa a luta, com esperança na vitória do Cavaleiro de Athena.

Ao continuarem a luta, o poder adquirido por Aiolia se torna superior ao do seu inimigo e, com um golpe, ele derruba Frodi. Ambos caem no chão desmaiados e, enquanto Aiolia é amparado por Lifya, que demostra um ar sombrio em sua fala, com interesse nos poderes Divinos da Armadura do Cavaleiro de Ouro, o Guerreiro Deus de Asgard, Frodi, recua da batalha com a ajuda de seus soldados.


Aiolia com a Armadura Divina

E este foi o primeiro episódio de Cavaleiros do Zodiaco Soul of Gold, que mostra, após a música de encerramento Soldier Dream, o Cavaleiro de Aries, Mú, observando alguns espectros de Hades na terra de Asgard.


Opinião do Redator:

O enredo deste novo Saint Seiya vem trazendo desta vez no papel principal os Cavaleiros de Ouro, sendo estrelado por Aiolia de Leão. Então, seguindo este pressuposto, afirmo que não devemos ver a turma de Seiya com frequência, e sim, na maioria das vezes,  Aiolia e os Cavaleiros de Ouro batalhando contra os guerreiros de Deuses de Asgard. Há muita treta na intenção de Lyfia, que parece ser a vilã desta vez. A garota me parece com a Pandora, e o Andreas com Hades, mas estas são especulações minhas. Continuarei acompanhando para ver o Dohko de Libra em ação, pois será a primeira vez que o veremos lutar neste anime de Kurumada após a Saga de Hades e do seu lado alguns dos mais poderosos cavaleiros: Saga de Gemeos; Shaka de Virgem; e Milo de Escorpião. Contudo, espero que nosso cavaleiro Br, o Aldebaran de Touro, não morra tão facilmente, isso me deixa irritado, a maneira como sempre está morrendo.

Em todo caso, será um anime de grande sucesso desta temporada de primavera 2015 no Japão e imperdível a todos. Devemos lembrar que serão episódios quinzenais e que, por isso, a ansiedade e o desejo será maior... Controle-se e aguarde! Você já sentiu o poder desse cosmo?


Espero que tenham gostado desta matéria, curtam e comentem. E se tiverem curiosidade em ver com seus próprios olhos o anime (legendado em português do Brasil), acessem este link.




Comenta aí :)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta