Itazura na Kiss, do anime ao dorama...

Saiba um pouco sobre o anime que inspirou o Dorama que está no NETFLIX que fala de amor e, principalmente, de persistência e paciência!

06/12/2016 Última edição em 06/12/2016 às 22:05:59

Bom, primeiro, eu desapareci por alguns dias... Mas não se preocupem, "vaso ruim não quebra", e eu sou um vaso bem ruim!

Primeiro vamos ao nosso tema: ITAZURA NA KISS é um mangá, que foi transformada em anime e, finalmente, virou Dorama. Vamos tentar abordar um pouco dos três gêneros aqui!

O mangá foi escrito por Kaoru Tada e publicado de Outubro de 1991 a Setembro de 1999, possuindo 23 volumes. O anime, por sua vez, foi exibido de 4 de abril de 2008 a 25 de setembro de 2008, com 25 capítulos. Por fim, o dorama Mischievous Kiss: Love in Tokyo é de 2013 e está disponível no NETFLIX, possuindo 16 episódios.

A história é bem simples e sem segredos: uma colegial não muito inteligente, mas persistente, bonita e dedicada, apaixona-se pelo cara mais badalado e incrível da escola, mas ele é frio e não se interessa por ninguém. Estas duas pessoas de personalidades tão diferentes vão se encontrar e a vida dos dois não será mais a mesma (principalmente do rapaz, que tinha uma vida tranquila).

Há uma simplicidade bastante graciosa no mangá, com traços leves. O anime se mostra bastante encantador e exagera um pouco nas caretas dos personagens, mas este é o ponto engraçado do anime e que mantém um ritmo divertido. Já o Dorama.... Bem, o Dorama é um dorama, então tudo o que é viável no mangá e no anime se torna totalmente exagerado e insuportável no dorama. Mas, se você quer rir, o dorama é divertidíssimo.

Muito bem, vamos entrar na ZONA DE SPOILER.

Eu fui bem legal até agora e dei apenas uma colher de chá para você se interessar por Itazura na Kiss e assistir, mas agora... Agora é hora de falar TUDO sobre o anime, e o dorama principalmente, pois este é o foco!

Conheça Kotoko Aihara, uma garota alegre, divertida e cheia de vida e que se apaixonou pela pessoa errada. Esta pessoa se chama Naoki Irie, um rapaz inteligente, de boa família, frio e  sem interesse por qualquer mulher. Estes dois estudam na mesma escola e Kotoko se apaixonou por Irie à primeira vista, no discurso de abertura do ano letivo. Desde então e até o segundo ano do colégio, ela alimentou este amor escondida. Mas agora que está no terceiro ano, decidiu que é hora de expressar seus sentimentos diretamente à Irie.

Então ela faz uma carta de amor. No entanto... Irie recusa de forma humilhante a carta de amor de Kotoko. É, se eu fosse ela teria desistido, mas Kotoko não é este tipo de mulher e seus sentimentos são tão grandes que ela não consegue evitar! 

Talvez por isso o destino tenha lhe dado uma "mãozinha". Ocorre que a casa de Kotoko é destruida e ela precisa se mudar. E não é que o melhor amigo de seu pai, que lhes dá abrigo, é ninguém menos que o pai de Naoki Irie? Isso mesmo que você tá pensando, Kotoko foi morar na casa do cara que a rejeitou publicamente. E se isso fosse pouco, ele continuou a ignorá-la dentro de casa. É, o amor não é fácil.

Claro que, com o tempo, com a insistência e com a ajuda da mãe de Irie, Kotoko vai tomando cada vez mais espaço no coração "frio e peludo" deste rapaz. Ele aos poucos percebe que Kotoko não é capaz de fazer 99% das coisas que ele consegue fazer, mas ela é capaz de fazer aquele 1% que ele não é capaz de fazer. Ele compreende que o amor de Kotoko é tão sincero e imenso que seria impossível resistir a ele. Irie, ainda, percebe o quanto a presença de Kotoko é importante para ele. Isso se prova pelo fato de Kotoko ter se mudado e Irie perceber sua falta, o que ele normalmente não sentiria.

O fato é que o anime se foca muito em Kotoko e Irie e na dificuldade com que o relacionamento se desenvolve. Isso deve ser culpa de Irie, uma vez que ele nunca fala tudo o que sente por Kotoko e a deixa ansiosa e confusa, assim como raramente demonstra seu amor por ela.

Este foi um dos motivos da maior briga destes dois.

Kotoko até fugiu de casa, decidida a viver sem Irie, mas no final, eles percebem o quanto se amam e que Irie sentia ciúmes de Kotoko, um sentimento que ele jamais sentiu de outra pessoa. Mas a verdade é que Irie precisa de Kotoko para ser ele mesmo, pois somente ela o vê como ele realmente é (e tolera todo o mal humor dele, é claro).

O anime é extremamente divertido, mas tocante quando se faz necessário. A música de abertura, que segue abaixo, é divertida.

Agora, vamos falar quanto ao dorama que está sendo divertidamente publicado pelo NETFLIX. Sim, é verdade. NETFLIX, sua linda, você realmente nos agrada novamente, trazendo doramas, e nós te amamos por isso!

Enfim, o Dorama não é maravilhoso, eu admito, MAS... Se você está procurando um dorama para rir, então se sinta em casa, ele vai agradar.

Mas importante falar: os personagens são excessivamente engraçados, porém, você não pode levar muito à sério suas interpretações, porque elas deixam a desejar.

As músicas são bem legais e os cenários dão muita vontade de conhecer Tóquio e comer (porque tem muitos pratos exibidos). Mas o que realmente impressiona são as falas, muitas falas incríveis e situações muito divertidas!

Então, fica aqui a dica: assista Itazura na Kiss e, se tiver disposição, assista ao dorama. Sem esquecer que o Dorama é realmente uma “impressão” diferente daquela do anime, então, não seja muito crítico e se divirta!




Comenta aí :)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta