GET BACKERS... Achados e perdidos...

Get Backers fez grande sucesso no Japão e hoje você vai descobrir o segredo deste clássico quase que desconhecido no Brasil!

03/06/2017 Última edição em 03/06/2017 às 10:09:44

Sim... Eu estou de volta!

Sentiram saudades? Eu senti!

Mas chega de falatório, vamos ao que interessa?

Hoje quero falar de um clássico (porque mês passado não teve clássico e antes que este mês termine preciso colocar um aqui para vocês assistirem né?) chamado Get Backers. Este anime fez muito sucesso no Japão, mas não foi quase nada divulgado no Brasil, o que é um crime, já que o enredo era excelente, os personagens divertidos e todos os traços e músicas eram de boa qualidade.

Primeiramente vamos aos dados básicos, ok?

Get Backers é uma série de mangá escrita por Yuya Aoki e ilustrada por Rando Ayamine que foi publicada no Japão na Weekly Shōnen Magazine pela Kodansha entre 1999 e 2007, totalizando 39 volumes. No ano de 2002, a série recebeu uma adaptação para anime produzida pelo Studio Deen, e foi ao ar entre 5 de outubro de 2002 e 20 de setembro de 2003, somando 49 episódios, exibidos originalmente pela TBS. No Brasil, foi exibido pelo Animax (saudades de você Animax!).

O anime fez muito sucesso no Japão, mas não conseguiu o mesmo desempenho fora do país, por isso ficou apenas na 1ª e 2ª temporada.

Sobre o anime, o enredo é BEM SIMPLES! Ou é o que parece.

Get Backers conta a história de Ban Mido e Ginji Amano (dois rapazes com talentos NADA comuns), que possuem um Serviço de Recuperação que encontra e traz de volta coisas perdidas dos clientes. A dupla possui superpoderes e promete trazer de volta, mediante uma taxa, qualquer item perdido ou roubado, garantindo sucesso em 100% dos casos. Seu empreendimento é conhecido pelo nome de "Get Backers".

Mas vamos deixar claro uma coisa aqui, os Get Backers NÃO RECUPERAM qualquer coisa, eles só recuperam aquelas coisas que não podem ser encontradas por qualquer outra pessoa.

Primeiro é preciso lembrar sobre algumas coisas...

Ginji Amano é um órfão que viveu por muitos anos no que é chamado de "Fortaleza Ilimitada" (uma construção gigantesca no meio da cidade). Ele é afável e compassivo. Pode produzir sua própria eletricidade, e chegou a ser o líder de uma gangue de adolescentes com habilidades especiais, os Volts. Ginji foi criado por um homem misterioso chamado Teshimine, até que desenvolveu a personalidade do "Imperador dos Raios", após um grave trauma. Por isso, quando passa por emoções muito fortes ele volta a ser o "Imperador dos Raios", o que faz ele mudar sua personalidade (ele fica agressivo e nada piedoso com seus adversários). Ae Ginji ficar muito tempo com a "personalidade" do "Imperador dos Raios", ele pouco a pouco vai perdendo a sua própria personalidade, até ela não existir mais e só existir um "nada vazio".

Ban Midou é o recuperador que tem a força de 200 kg na mão direita e pode usar um poder de ilusão que dura 1 minuto, chamado Jagan. Possui ainda um golpe, chamado a "Mordida de Cobra", e pode invocar uma força descomunal através do encantamento Asclepius, capaz de liquidar um inimigo rapidamente. Sabe-se, no entanto, que esse ainda não é seu poder máximo. Ban também foi o responsável pela morte de Yamato Kudou, o irmão de Himiko - no entanto, o próprio Yamato pediu a Ban que o matasse, pois sua linhagem carrega uma espécie de monstro interior (a chamada "Maldição das Últimas Crianças" que se manifesta a partir dos 21 anos). Ban também possui um Fusca, que chama de Joaninha. Pequeno, mas resistente, o carro tem o reforço de dois tanques de óxido nitroso (nitro) que aumentam exponencialmente sua velocidade.

O desenho é incrível e divertido. Ele mostra o quanto a ligação entre os amigos é possível e como a vida leva tudo por um caminho diferente.

Admito que um dos meus personagens favoritos é o "Dr. Chacal", um transportador, que como tal, recebe a missão de transportar objetos e entregá-los em segurança para os seus clientes. Este personagem é extremamente forte e está sempre tentando fazer Ginji chegar no seu limite, para conhecer o verdadeiro "Imperador dos Raios". Inclusive em uma luta ele quase chega a este ponto, mas infelizmente não o alcança, o que deixa o Dr. Chacal muito frustrado. Suas técnicas são avançadas e ele é um dos adversários mais difíceis para os dois, quando é necessário "recuperar" um objeto transportado pelo Dr. Chacal.

Quanto aos traços do desenho, pode-se dizer que ele é bem delicado e ao mesmo tempo moderno. Não é nada futurista, mas as cores são vivas e a qualidade é muito boa. As músicas são divertidas e tem um que de mistério, que é o que envolve os dois personagens principais. Pode-se dizer ainda que não há nenhum personagem na narrativa que não tenha um passado nebuloso ou difícil, talvez porque a história gire principalmente no fato de que todos eles tem um passado, de certa forma, em comum.

O anime vale muito a pena, principalmente porque é limitado a poucos episódios e tudo anda de forma muito natural.

Este é um clássico moderno que vez por outra deve ser visto e revisto!




Comenta aí :)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta