CDZ da Netflix: mudanças que ninguém queria

Trailer da adaptação de Cavaleiros do Zodíaco foi exibido, no último sábado, na CCXP e já gerou desagrado por parte dos fãs devido a mudanças, apesar de parecer seguir bem a história original.

10/12/2018 Última edição em 12/12/2018 às 09:42:33

Yoooo galerinha!

Já não é novidade para ninguém, o lançamento do trailer da versão de Cavaleiros do Zodíaco para a Netflix, anunciado durante a CCXP, no último sábado (8/12). Mas se você é daqueles que ainda estão por fora, não se desespere! Confere o trailer logo aqui em baixo, com a gente!

Se você acabou de assistir, acredito que sua primeira reação foi: "WTF? Como assim? Shun virou mulher?". Não fique espantado, ele não apenas mudou de gênero na nova adaptação como também agora passou a se chamar Shaun, e acredite, você não foi o único, essa reação de espanto, que você provavelmente sentiu, inundou as páginas das redes sociais. 

Apesar de parecer seguir bem o enredo original, algumas mudanças chamaram a atenção dos fãs da franquia, como a alteração do nome de Saori para Sienna (será que a Fiat andou patrocinando essa adaptação?), as armaduras saindo de dentro de pingentes, a transição da animação para 3D - que já era esperada -, e algumas cenas onde os cavaleiros enfrentam tanques e helicópteros, mas sem dúvida a que mais chamou a atenção (ou revoltou mesmo os fãs) foi a mudança drástica feita com o personagem Shun.

Não é a primeira vez que uma adaptação muda um gênero de um personagem dentro do universo de CDZ. Para quem lembra, Milo de Escorpião também teve seu sexo mudado no filme "A Lenda do Santuário" de 2014, também recebida negativamente pelos fãs (será que não aprendem?).  

Eugene Son, roteirista do reboot do anime, comentou sobre as reações às mudanças feitas na série através de seu Twitter pessoal. O roteirista revela que a troca foi inteiramente ideia dele, apesar de, inicialmente, não ter tido vontade de mudar muita coisa. Ele comentou por vários tuítes:

A única coisa que me preocupava era: todos os Cavaleiros de Bronze são homens. A série sempre teve personagens femininas muito dinâmicas e fortes (…) mas há 30 anos, era só um grupo de caras salvando o mundo. Na época, era o padrão. (…) Hoje, homens e mulheres trabalhando juntos é o padrão. (…) Certa ou errada, a audiência pode achar que com um elenco apenas masculino, estamos querendo dizer algo.”

Assim como em outras obras como Dragon Ball Evolution e Death Note (versão da Netflix), os roteiristas usam e abusam de sua liberdade criativa, e isso às vezes se torna um problema para as adaptações. Em busca de agradar um público muito diferente dos fãs da obra original, surgem esses tipos de bizarrices que acabam não agradando ninguém, muito menos os fãs.

Apesar de Shun ser um dos vários personagens andrógenos do animes (não esqueçamos do Misty de Lagarto, Afrodite de Peixes, Mime Benetnasch...), ele  é o mais emotivo, o mais delicado, e evita ao máximo a violência, não lhe agradando a ideia de ferir alguém. O que para o oriente são caracteríscas atraentes para o público feminino (vide a reação das meninas ao verem o Shun aparece pela primeira vez no ringue da guerra galáctica), para o ocidente esse padrão tem outro cunho, se é que me entendem (se não entendeu lembre/veja o que acontece na Casa de Libra, que você entenderá). E essa mudança acabou não agradando essa comunidade, que se via "representada" pelo Shun.

Me pergunto como reagirão as pessoas defensoras dos direitos das mulheres quando virem a Shuan, tomando um surra de algum cavaleiro do sexo oposto (será que vão chamar ele de machista?), e pior será que ela vai chamar pelo irmão sempre que não conseguir resolver uma treta? Onde fica o empoderamento feminino nesse caso? Com toda certeza vai causa burburinho, do mesmo modo!

Não há jeito de agradar todos. Quer dizer, na verdade há sim! Como diz o ditado "em time que esta ganhando, não se mexe" e Cavaleiros do Zodíaco vem "ganhando" a mais de 30 anos provando que sua fórmula do jeito que está vem agrando a todos os fã até hoje, sem a necessidade de criar fatos "lacradores". A prova disso é o hype que já existia em cima dessa adaptação desde seu anúncio, culminando na decepção dos fãs pelo adiamento no ano passado, que inclusive divulgamos aqui no site.

E você, o que achou dessa nova adaptação, será que ela faz valer os meme que temos aos montes por aí sobre a Netflix? Deixe aqui nos comentários e até a próxima! o/




1 comentário(s)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta
Konekomaru
3 meses atrás
É uma pena que transformaram cavaleiros do zodíaco em um anime Nutella, saudade da Manchete na década de 90 a surpresa juntamente com o barulho que fez cavaleiros do zodíaco na época.