Boku no Hero Academia (mangá)

Confere aí!

10/08/2015 Última edição em 10/08/2015 às 00:00:00

Fala, galera! Aqui é o Haru e, como o mangá Boku no Hero Academia completou um ano de serialização no capítulo 52, decidi fazer um Preview dos 4 primeiros capítulos, espero que gostem! 

 

Nome: Boku no Hero Academia 
Gênero: Shounen, comédia, sobrenatural 
Editora: Weekly Shounen Jump 
Autor: Kouhei Horikoshi 
Status: Ainda em publicação. 

[CONTÉM SPOILER]


Preview dos 4 primeiros capítulos:  

Boku no Hero Academia se passa nos dias atuais. A maioria das pessoas possuem individualidades (poderes). O protagonista Midoriya, 14 anos, nasceu sem nenhuma individualidade, o que o fazia admirar as pessoas que as possuíam. Mas ele tinha o sonho de que talvez sua individualidade despertasse mais tarde (geralmente ela desperta até os 4 anos). 

Nesse mundo, existem heróis que fazem patrulhas pela cidade, têm seus próprios escritórios e isso realmente é visto com um trabalho sério. Juntam-se multidões nas ruas para assistir uma luta entre heróis e vilões. 

Midoriya está terminando o ensino fundamental e sonha em entrar para a escola Yuuei (escola de heróis de elite). Por não ter nenhum poder, ele sofre bullying diariamente em sua escola, principalmente de Bakugou, que tem uma individualidade muito forte. 

Certo dia, após uma discussão com Bakugou, ele sai da escola sozinho e é atacado por um vilão, sendo salvo por All Might (o herói número 1). Midoriya fala sobre seu sonho e descobre alguns segredos sobre o herói. Voltando para casa, ele vê seu colega de classe Bakugou sendo atacado pelo mesmo vilão que o atacou. Sem hesitar, parte para cima do vilão e All Might novamente aparece e salva ambos. 

All Might enxerga muita coragem e potencial para Midoriya se tornar um grande herói e conta que seu poder, o "One for all", pode ser herdado por outras pessoas e que Midoriya é o seu escolhido. Mas, para receber esse poder, é necessário que o corpo esteja preparado para o mesmo. Então, Midoriya faz um treinamento de 10 meses e, no dia do vestibular para a Yurei, ele absorve o poder e se prepara para o exame de entrada.  

Chegando na Yuuei, as regras do teste são explicadas e o exame começa, onde são apresentados alguns personagens, Uraraka e Iida. Durante o exame, quem fizesse uma boa pontuação derrotando robôs estaria apto a entrar para a academia. Existiam 4 tipos de robôs: os de 1 ponto, de 2 pontos, de 3 pontos e de 0 pontos (armadilhas). 

Começa o exame, todos partem para o ataque, menos Midoriya, que não tem nenhuma noção de combate e nem sabe usar seus poderes. Chegando no fim do exame, todos pontuam, menos ele. Eis que Uraraka (uma menina com quem já havia conversado), é atacada por um robô armadilha, e provavelmente morreria. Midoriya, assim como quando Bakugou foi atacado, vai salvar Uraraka e, com um soco, destrói o robô. Mas, pela imensa força de seu golpe, seu braço se quebra (ele só consegue usar uma porcentagem pequena do poder e mesmo assim ainda sai ferido). O exame termina e ele não pontua. 

Uma semana depois, chega uma carta holograma de Yuuei em sua casa. A pessoa no holograma é All Might, que se tornou um professor, avisando que ele falhou por ter feito 0 pontos, mas chamou atenção por ter salvo Uraraka, e que esta pediu aos superiores para que seus pontos fossem divididos com Midoriya, por agradecimento e respeito pelo que ele fez. Os pontos não puderam ser divididos, mas All Might explica que os juízes procuram mais do que apenas "esmagadores de robôs" e que, com o ato heroico, ele ganhou 60 pontos e foi aceito na Yuuei. Assim termina o capítulo 4. 

 

Opiniões do editor: 

Boku no Hero Academia tem um plot muito simples e um desenvolvimento bem feito e bem construído, próprio para uma série longa e de qualidade. Já tem mais de um ano de serialização e continua melhorando e se mantendo muito interessante. Além de uma boa história, o traço de Kouhei Horikoshi é muito bonito e faz toda a diferença, assim como a ambientação. É um mangá promissor, que tem repercutido muito bem no meio dos sucessos da Weekly Shounen Jump, principalmente por ser um shounen diferente do que temos visto nos últimos anos

O autor Kouhei Horikoshi, teve outro mangá serializado, chamado Sensei no Bulge, que foi cancelado no capítulo 16. Tanto Sensei no Bulge quanto Boku no Hero Academia tem traços parecidos e história diferentes que poderiam dar certo, a diferença e o que pesou para o cancelamento, na minha opinião, é que Sensei no Bulge tem uma narrativa lenta e sem muita ação, já na sua série atual é bem diferente, desde o início a ação é muito presente e o enredo é melhor construído e mais dinâmico. 

 

Notas do Mangá (0 – 10): 

Arte: 9,5/10 
Plot: 7/10 
Enredo: 9/10 
Personagens: 8,5/10 
Originalidade: 8,5/10 

Nota Geral: 8,5




Comenta aí :)
Já possuo uma conta
Quero criar uma conta